fbpx
was successfully added to your cart.
Tag

Bolsas Fies

Parceria entre o Mais Solidário e a Fatec-Alagoinhas oferece bolsas de estudo de até 75% em diversos cursos; confira

By | Notícias

FATEC está disponibilizando bolsas de estudo de até 75% em vários cursos ofertados pela instituição. A iniciativa é uma parceria entre a FATEC e a startup Mais Solidário. As bolsas são para os cursos de DiretoOdontologia, Engenharias(Mec, Eletr, Civil)EnfermagemEducação físicaContábeisPetróleo e GásSegurança do Trabalho, além dos cursos de graduação tecnólogo em LogísticaAnálise de desenvolvimento de sistemasTeologia e outros.

O curso de Direito, por exemplo, com bolsa de 55%, a mensalidade fica no valor de R$585,00. Já o curso de Odontologia, com bolsa de 50% de desconto, a mensalidade fica por R$1.320,00. O curso de pedagogia com bolsa de 57%, fica por R$249,00. Análise de Sistemas, com bolsa de 57%, fica no valor de R$249,00 mensais. Os cursos de engenharia Eletrônica, Mecânica e Civil, com 75% de bolsa, fica por R$549,00 mensais. Consulte no site www.bolsamaissolidario.com.br/fatec o valor desses e de outros cursos. Vale lembrar que a concessão dessas bolsas independem da nota do aluno na prova do Enem, isso significa mais uma oportunidade para todos os estudantes.

E se ainda você se pergunta por que deve escolher um dos cursos da FATEC, iremos lhe responder. Primeiro é a garantia da qualidade do ensino da FATEC, em segundo os descontos de verdade, pois as mensalidades já vem com desconto, não é financiamento não. Outro diferencial é que a FATEC abre mão da primeira mensalidade, ou seja, o valor da matricula corresponde a primeira mensalidade do semestre! Além disso as inscrições são gratuitas e a seleção é feita por agendamento. Venha para a faculdade que tem o reconhecimento do mercado na qualidade do ensino. Venha para a FATEC. As inscrições podem ser feitas pelo site www.bolsamaissolidario.com.br/fatec. Para mais informações é só ligar para os telefones 75 3422-0423 ou ZAP 1 71 992044379 e ZAP 2 75 9 91276558.

Enem tem 66 eliminados no segundo dia de provas

By | Notícias


No segundo domingo de provas, 1.610.681 estudantes faltaram ao Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), o que representa 29,2% dos 5.513.726 inscritos. O índice é maior do que o do domingo passado, que foi de 24,9%, mas é menor que as taxas registradas no segundo dia de provas em 2016 e 2017.

O ministro da Educação, Rossieli Soares, afirmou ser normal o aumento de ausências no segundo dia do exame. “O número de ausências foi menor que nos últimos anos, mas é um pouco maior do que no primeiro dia, o que é normal. Às vezes, o aluno não tem o desempenho que deseja ou imagina e acaba não indo no segundo dia”, argumentou.

Eliminados

Neste domingo, 66 estudantes foram eliminados, a maioria por descumprimento das regras gerais do edital, como sair antes do horário permitido, usar material impresso e não atender a orientações dos fiscais. Dois foram eliminados na revista no detector de metais e por recusa na coleta dos dados biométricos.

Em nenhum local, a aplicação da prova foi suspensa. “A logística da aplicação funcionou maravilhosamente bem. Foi a melhor aplicação da história do Enem”, afirmou o ministro.

Os 1.752 participantes afetados, no domingo passado (4), pela interrupção de energia elétrica, em Porto Nacional (TO) e Franca (SP), têm direito à reaplicação, dia 11 de dezembro, das provas de linguagens, redação e ciências humanas. As provas para pessoas privadas de liberdade serão aplicadas dias 11 e 12 de dezembro.

Gabarito

Os participantes responderam, neste domingo, às questões de matemática e ciências da natureza. Foram cinco horas para resolver 90 questões. As provas foram aplicadas em 10.718 locais, distribuídos em 1.725 municípios. São cerca de 600 mil pessoas envolvidas na aplicação do Enem.

O gabarito oficial será divulgado em 14 de novembro, juntamente com os cadernos de questões. Já o resultado deverá ser divulgado até o dia 18 de janeiro de 2019.

A nota do Enem pode ser usada para concorrer a vagas no ensino superior público pelo Sistema de Seleção Unificada (Sisu) ou a bolsas em instituições privadas, pelo Programa Universidade para Todos (ProUni) e para participar do Fundo de Financiamento Estudantil (Fies).

Por Luiza Damé – Repórter da Agência Brasil